O Seminário de Lacan: travessia – A angústia – Apresentação

Este segundo volume da Coleção Travessia é sobre o Seminário A angústia, a cuja leitura nos dedicamos durante os anos de 1997 e 1998. Utilizamo-nos, em nosso trabalho, de documento interno da Association lacanienne internationale (antiga Association freudienne internationale), e de uma tradução para o português estabelecida pelo Centro de Estudos Freudianos do Recife. A nossos amigos da ALI e do CEF, nosso agradecimento por esse material.

Ao final desses dois anos, realizamos nossas Jornadas de encerramento, uma sucessão de encontros onde pudemos recolher o resultado do trabalho realizado por todos e, em particular, a reflexão daqueles que se propuseram a retomar e comentar algumas das questões pelas quais tinham sido tocados de modo mais especial. Foram muitas horas de trabalho e discussão sobre essas intervenções, que são agora publicadas neste número de nossa coleção.

Aparecem também aqui alguns outros textos, que tratam igualmente de questões relativas ao conceito de angústia, que publicamos não apenas pela oportunidade do tema em comum, mas pelos laços de trabalho que nos unem a seus autores. Na primeira parte da Revista, temos, então, como abertura, a tradução da fala de Charles Melman, Conclusão do Seminário de Verão de 1998 da Association lacanienne internationale, realizado em Bruxelas, e que tratou deste mesmo Seminário de Lacan. Em seguida, trazemos as traduções das intervenções de Josiane Quilichini – Kierkegaard, uma referência no Seminário A angústia – e de Claude Landman – Contribuição psicanalítica à clínica da angústia –, realizadas naquele mesmo encontro. Agradecemos a estes autores a autorização para publicar seus trabalhos (originalmente publicados no Bulletin da Association) em nossa Revista, que é para nós um instrumento de trabalho estritamente ligado às nossas atividades.

O próximo número da Revista Tempo Freudiano será dedicado ao Colóquio que realizamos recentemente em conjunto com a Association lacanienne internationale. Os números seguintes retomarão e darão seqüência a esta Coleção, que reflete o eixo de nosso trabalho institucional. Para continuar falando de nossa travessia, de nossa passagem por cada ano do Seminário, publicaremos brevemente o resultado de nossa leitura dos Seminários As formações do inconsciente e O avesso da psicanálise.

 

Rio de Janeiro
Outubro de 2003

Print Friendly, PDF & Email