O Seminário de Lacan: travessia – Os quatro conceitos fundamentais da psicanálise

capa travessia copyRevista Tempo Freudiano 1 (ESGOTADA)

SUMÁRIO

Apresentação

Conclusão do seminário de verão de 2000 da Association lacanienne internationale – Charles Melman

Por que Lacan diz que o sujeito da psicanálise é o sujeito da ciência? – Roland Chemama

Em que a “alienação” e a “separação” permitem que se retome de outra forma a relação com o significante e com o objeto – Bernard Vandermersh

Reflexões a partir do sonho: “Pai não vês…?” – Denise Sainte Fare Garnot

Trabalhos da Jornada do Tempo Freudiano de 2001

“Pai não vês que estou queimando?” – Encontro com o real entre o sonho e o despertar – Fernanda Costa-Moura

Alguns problemas sobre o desejo do analista – Ana Cristina Manfroni

Aspectos formais no seminário Os quatro conceitos – Francisco Leonel Fernandes

Sobre o seminário Os quatro conceitos: uma questão – Joana de Barros da Costa

Repetição, separação e identificação ao objeto – Valmir Sbano

Saber e transmissão – sobre um ponto na questão do ensino – Luiz Romão

O parêntese do sujeito – lugar da alienação – Eduardo Rocha

Saber em torno do que gira uma análise – Maria Idália de Góes

O trabalho e a produção do sujeito – Pedro Duarte da Silveira

Uma questão – Eros: pulsão ou transferência? – Dionysia Rache de Andrade

Dos conceitos freudianos ao objeto da psicanálise – Antonio Carlos Rocha

Print Friendly, PDF & Email